Templates Pluss
Avalie:
  • Author: kuririn
  • Categorias: ,
  • Como se Proteger dos Vampiros

    Um instinto natural que todos os humanos partilham é evitar o perigo. Na vida real, poucos indivíduos saem de seu caminho para procurar perigo, a maioria das pessoas busca naturalmente refúgio do mal.


    Enquanto evitar situações perigosas no mundo físico não é sempre possível, algumas precauções básicas podem ser tomadas. Sistemas de segurança são comumente instalados em áreas de alta criminal idade, e assim por diante. Nesta era de informação, dicas para ficar seguro podem ser encontradas em numerosas fontes.
    E quanto aos perigos do plano astral? Como vimos até agora, haveria uma necessidade de aprender sobre, e tomar precauções contra perigos etéreos bem como físicos. A informação de como fazer isso, contudo, não é tão amplamente disponível. Este capítulo ajudará a mudar isso. Para alguns, as técnicas dadas aqui poderiam parecer "magia". Isso acontece por uma boa razão - elas são. A magia pode ser pensada como uma ciência aplicada. Não é surpresa que os procedimentos usados por alguém realizando um feito de engenharia mecânica são simplesmente aplicações pragmáticas dos princípios da Física ou Química. De modo semelhante, as técnicas de alguém realizando um ritual de magia são modos práticos de usar o conhecimento da ciência oculta. Contudo, para aqueles um pouco desconfortáveis com a idéia de realizar um rito de magia (como B. primeiro estava), pelo menos leia as descrições das técnicas antes de formar sua opinião. Os rituais são na maior parte similares a meditações e podem ser pensados como simplesmente exercícios psíquicos (quando realizada de modo apropriado, a magia é basicamente o uso controlado do poder psíquico de alguém).
    Como discutido anteriormente no livro (ver bibliografia) , algumas das idéias básicas para as técnicas, neste capítulo, foram extraídas de várias fontes e pela experimentação e modificação se desenvolveram nas formas utilizáveis dadas aqui. Outras idéias foram geradas "do nada" com base na minha pesquisa. Quando usados em conjunto, os ritos simples formam um sistema poderoso de proteção contra os ataques de vampiros psíquicos (e qualquer ataque psíquico, a esse respeito). Esta é a primeira vez que este sistema de defesa em particular aparece impresso. Devido a testes e refinamento dos ritos, o leitor pode estar seguro de que eles funcionam. Com um pouco de esforço, alguém que realize as técnicas é capaz de viver sem ser afetado por vampiros psíquicos.

    Uma Purificação

    Antes de tentar se proteger psiquicamente, você deve se certificar de que sua aura ou corpo astral está livre de quaisquer "impurezas" etéreas. Como logo verá, em uma instância na qual alguém é atacado repetidamente por um vampiro psíquico específico, algumas dessas impurezas poderiam representar elos para o vampiro. O processo de purificação terá pouco efeito em tais elos, contudo. Eles terão de ser tratados de maneiras diferentes (leia mais sobre isso depois).
    O objetivo desse rito simples de purificação é eliminar algumas das negatividades que acumulamos durante o dia. Fazer isso tornará mais fácil "programar" nossos corpos astrais para proteção, de modo muito parecido com como um vampiro psíquico programa sua forma astral para se alimentar.
    Purificações (bem como muitos outros ritos) são mais fáceis de realizar quando se tem um elo físico para auxiliar a concentração. Portanto, porque uma purificação é na verdade limpeza psíquica, é melhor fazê-la enquanto se toma um banho ou ducha. Além de simplificar as visualizações necessárias (como verá em um momento), tomar um banho ou ducha, particularmente à noite, pode ajudar a relaxar e, portanto, a entrar em um estado mental naturalmente alterado conducente ao trabalho psíquico. Por essas razões, sempre tente praticar esse rito antes de realizar os outros. Aqui está, passo a passo.
    1- Prepare uma banheira e entre nela, ou use o chuveiro como normalmente faz (você poderia querer experimentar o ritual de ambas as formas para ver com que elo físico se "sente" melhor, apesar de que, se está com pouco tempo, uma ducha é provavelmente preferível).
    2 - Feche os olhos e realmente "sinta" a água em sua pele. Se estiver no chuveiro, concentre na sensação de formigamento causada pelo fluxo de água ao lhe atingir. Se dentro da banheira, foque na sensação de estar cercado por líquido.
    3 - Após cerca de um minuto de meditação silenciosa nessas sensações, deveria estar pronto para imaginar que há mais do que apenas líquido pulsando contra você ou lhe rodeando. Imagine que o formigamento do fluxo do chuveiro é um campo estático de energia lhe cercando. Para aqueles na banheira, façam de conta que a sensação de líquido por todo o seu redor é uma aura de energia.
    4 - Mantenha seus olhos fechados e tente "ver astralmente" ou visualizar como o campo de energia ao seu redor poderia aparentar.
    5 - Quando sentir que pode de alguma forma imaginar seu corpo astral, comece a procurar pontos escuros nele. Se não vir nenhum, ou tiver dificuldade em visualizar, apenas se assegure que está consciente de sua aura e quaisquer impurezas que pudesse ter. Visualize as impurezas escuras deixando sua aura e serem lavadas pelo fluxo do chuveiro, ou simplesmente sendo absorvidas pela água ao redor. Quando sentir que se "purificou" tanto quanto pode, cuidadosa, mas rapidamente saia do chuveiro ou levante-se da banheira. Desligue o chuveiro ou deixe a banheira esvaziar. Você está agora livre de muitas impurezas e preparado para seguir ao próximo rito simples, mas eficaz.

    Um Ritual de Banimento

    Assim como seu corpo astral deve ser purificado antes que os trabalhos possam ser feitos, a atmosfera astral do quarto no qual você planeja realizá-lo também deve ser purificada. Todas as impurezas e negatividades devem ser banidas da área e para conseguir isso um ritual de banimento deveria ser conduzido. Esse tipo de ritual tem outra função além de clarear uma área - ele também cria um lugar seguro onde vampiros astrais não podem entrar ou se manifestar.
    Neste rito também usaremos elos físicos; um deles será o mesmo utilizado na purificação - água. Neste ritual, será usado para representar o elemento mágico da Água; há quatro outros elementos: Espírito, Terra, Fogo e Ar. Além de um copo de água, os outros de que você precisará são um prato de sal para Terra, uma vela branca para Fogo e uma vareta de incenso para Ar (olíbano funciona bem, contudo qualquer fragrância pode ser usada). O elemento do Espírito não será representado fisicamente.
    1 - Arrume esses itens em uma pequena mesa no centro do quarto antes de começar o banho de purificação. Dessa forma, quando retomar ao seu quarto, imediatamente pode realizar o banimento.
    2 - Posicione o incenso em um suporte no lado Leste de sua mesa, a vela em um suporte no lado Sul, o copo d' água no Oeste e o prato de sal no norte. Tenha também alguns fósforos à mão.
    3 - Depois de seu banho de purificação, entre na sala onde fará o trabalho, diminua as luzes e siga os seguintes passos.
    4 - Fique a Oeste de sua mesa, olhando para o Leste. Feche os olhos e respire profunda e lentamente três vezes. Sinta o corpo de energia novamente ao seu redor ao fazê-lo. Abra seus olhos, pegue os fósforos e acenda a vareta de incenso. Então carregue-a ao redor do perímetro do quarto, movendo em sentido horário, formando um Círculo de fumaça. Conforme o faz, diga em voz alta ou para si mesmo: "Purifico este espaço com Ar". Volte à sua posição atrás da mesa e coloque o incenso queimando de volta no suporte no lado Leste da mesa.
    5 - Acenda a vela com um fósforo. Pegue a vela e ande em sentido horário ao redor do perímetro de seu Círculo sagrado, enquanto diz: "Purifico este espaço com Fogo". Então volte à sua posição atrás da mesa e deixe a vela acesa, coloque-a de volta em seu suporte no lado Sul da mesa.
    6 - Pegue o copo d'água e ande em sentido horário ao redor de seu Círculo. Ao fazê-lo, marque o perímetro do Círculo jogando gotas de água no chão com seus dedos. Enquanto estiver andando, diga: "Purifico este espaço com Água". Volte à sua posição atrás da mesa e coloque o copo no lado Oeste da mesa.
    7 - Agora, pegue o pequeno prato de sal e comece a andar ao redor do Círculo novamente, desta vez jogando pitadas de sal ao redor do Círculo conforme o faz (você não precisa espalhar muito da substância, é apenas uma ação simbólica). Enquanto circula, diga: "Purifico este espaço com Terra". Mais uma vez, volte ao seu lugar atrás da mesa, e coloque o prato de sal em sua posição no lado Norte da mesa.
    8 - Os próximos poucos passos requerem absoluta concentração, então clareie sua mente tanto quanto puder nesse momento. Feche os olhos novamente, respire profundamente mais três vezes e volte sua face para cima. "Veja" em seu olho da mente que há uma bola brilhante de luz diretamente sobre você. Tente vê-Ia tão clara quanto puder.
    9 - Imagine que, com cada inalação que você fizer deste ponto em diante, a bola de luz branca se aproxima. Logo ela descerá pelo topo de sua cabeça e se moverá para o centro de seu peito. Tente vê-Ia e senti-Ia realmente. A bola de luz branca brilhante deveria fazê-Io sentir-se como se houvesse uma fonte de energia quente pulsando dentro de você. Quando estiver consciente da luz em você, e convencido de sua existência, comece a imaginar que ela está aumentando a cada exalação. Em cerca de um minuto ela deveria se tomar uma esfera de luz grande o bastante para cercá-lo e a mesa. Continue expandindo a esfera do Espírito em sua mente até que encha o círculo inteiro que acabou de fazer com os outros elementos. Você agora estará rodeado por um círculo/esfera feito de todos os cinco elementos mágicos antigos. A este ponto você terá de selecionar um símbolo que sente representar proteção. (Pode ser uma cruz, Estrela de Davi, pentagrama, etc.) Uma vez tendo esse símbolo em mente, tente visualizá-Io (com os olhos fechados) como sendo aproximadamente do tamanho da sua mão e flutuando dentro de seu peito onde, a bola de energia estava. Imagine-o emitindo uma cor dourada suave.
    10 - Quando você "vir" o símbolo no peito, abra seus olhos. Agora visualize o símbolo flutuando para o leste de seu círculo. Desta vez veja-o como tendo pouco mais de meio metro e brilhando em uma luz azul. Uma vez que possa ver o símbolo para o leste de seu círculo, volte sua face para o sul e visualize o mesmo símbolo flutuando lá.
    11 - Continue visualizando o símbolo da mesma maneira nos quadrantes Norte e Oeste de seu círculo/esfera.
    12-  Sele a esfera ao redor visualizando o símbolo bem acima de você, da extremidade ao topo de sua esfera de proteção.
    13 - Finalmente, concentre-se no círculo e nos símbolos ao seu redor e diga: "Fico agora em espaço sagrado. Somente luz pode entrar nesta área purificada" .
    O banimento precedente funcionará bem para criar uma área protegida psiquicamente. Qualquer um deveria ser capaz de realizá-lo com sucesso, mesmo sem nunca ter feito trabalho meditativo ou mágico antes. Se você gostaria de tentar alguns rituais de banimento avançados, há alguns dados em meu livro Summoning Spirits (ver a bibliografia para detalhes).

    Quebrando os Laços

    Após seu banimento, você pode deixar a vela e o incenso queimando. Para o resto das técnicas, precisará se posicionar onde puder se sentar ou deitar confortavelmente. Se escolher se deitar, contudo, assegure-se de que não dormirá. Sentar-se em uma cadeira confortável é provavelmente a melhor forma de fazer este rito e o outro que se segue.
    O propósito deste ritual é remover quaisquer elos que um vampiro psíquico possa ter estabelecido com você. Este rito precisa ser realizado somente se estiver sofrendo repetidos ataques de vampiros. Quando isso ocorre, ramos astrais (como descritos anteriormente no livro) poderiam continuar ligados à sua aura, tomando fácil para ele encontrá-Io. Realizar este rito é difícil para aqueles novos na meditação, porque requer que você sinta essas conexões. Mesmo se não estiver certo de sua habilidade de encontrar os ramos astrais que poderiam estar lá, contudo, simplesmente visualizá-Ios e lidar com eles como mostrado abaixo resultará no mesmo. Em outras palavras, sua aura rejeitará e repelirá os ramos não importa em que parte de seu corpo astral realmente estiverem, se você se livrar simbolicamente deles.
    1 - Uma vez sentado confortavelmente, feche os olhos. Respire profundamente três vezes e novamente tente conscientizar-se do corpo astral sutil ao seu redor.
    2 - Quando puder sentir e ver a presença de seu corpo astral, tente "procurar" áreas de sua aura com as quais pareça haver algo "errado". Em outras palavras, procure por áreas que simplesmente não sintam iguais ao resto do seu corpo de energia.
    3 - Essas áreas, se você sentir alguma, poderiam ter ramos conectados a elas. Esse é especialmente o caso se estiver sofrendo de repetidos ataques psíquicos. Tente ver ou sentir esses ramos escuros. Se não puder encontrar nenhum após uns poucos minutos, mas sentir que tem áreas de seu corpo astral que poderiam estar com falta de energia, tente visualizar ramos nessas áreas mesmo assim (pelas razões de simbolismo já discutidas).
    4  - Abra seus olhos e tente ver e sentir onde estão os ramos astrais.
    5 - Certifique-se que pode dizer onde estão antes de seguir ao próximo passo.
    6-  Levante sua mão direita e estenda o indicador. Imagine haver um raio de luz amarela emanando cerca de 30 centímetros da ponta de seu dedo. Sinta-o pulsar como uma espada curta de energia.
    7 - Use a espada de luz para cortar fora os ramos de seu corpo astral.    As formas escuras deveriam se contorcer e afastar-se de você. "Queime" a extremidade de cada um com sua espada depois de soltá-lo.
    8 - Quando todos os ramos tiverem sido cortados, deixe a espada de luz se dissipar e gaste uns poucos momentos sentindo seu corpo de energia. Sinta que está selado e vibrante. Ao visualizar o corte dos ramos escuros, mesmo se tivesse de imaginar que eles estavam lá, realizará um ato poderoso de separação de qualquer vampiro astral que pudesse estar conectado a você. Depois de completar os ritos descritos até então, você deveria estar purificado, em uma área sagrada, e livre de quaisquer elos com vampiros psíquicos. Agora é o momento de se assegurar de que não importa onde esteja, estará seguro de ataques futuros tanto diurnos como noturnos.

    Programação do Corpo Astral

    Vampiros psíquicos podem ensinar seus corpos astrais a se alimentar da energia de outros.
    Também mencionamos outro tipo de programação, um modo para uma pessoa ensinar seu corpo astral a se defender e proteger de quaisquer ataques. Uma vez que seu corpo astral esteja "pronto" para se proteger de qualquer forma, você terá de reforçar sua programação apenas ocasionalmente para desfrutar uma vida em segurança dos ataques astrais.
    É claro que não fui capaz de testar os resultados dessa técnica ao decorrer de uma vida, mas ela tem mantido pessoas livres de ataques desde que comecei a usá-la. Não há razão por que deveria parar de funcionar. Do que vi, realizar este rito uma vez por mês mais ou menos (em conjunção com pelo menos os dois primeiros ritos) virtualmente garante-lhe nunca ser importunado por um vampiro psíquico.
    Essa regra de um mês poderia variar de pessoa para pessoa. Por exemplo, se você foi atacado em uma base regular por um vampiro psíquico no passado, poderia querer começar fazendo o ritual toda semana por cerca de um mês, então alternar as semanas e daí, finalmente, para uma vez por mês. Alternativamente, se foi atacado apenas uma vez ou nunca, mas quer estar do lado seguro, poderia sentir-se bem fazendo-o de vez em quando. Quão freqüentemente você deveria reforçar este rito é determinado por experimentação e por sua situação particular.
    Você não precisará de quaisquer instrumentos físicos para realizar esta técnica, apenas de um lugar confortável para sentar-se - se você tiver feito o rito "Quebrando os laços" estará bom. Se você estiver realizando o último rito antes deste, então apenas respire profundamente algumas vezes e siga imediatamente com este rito. Se estiver fazendo apenas um banimento antes, sente-se em sua posição confortável e proceda com os passos seguintes.
    Com os olhos fechados, continue a se concentrar em seu corpo astral. Veja-o como um corpo de luz branca lhe cercando e realmente se concentre em sentir sua presença. Sinta seu corpo astral de luz se expandir a cada inalação e contrair a cada exalação. Em outras palavras, pense nele como uma camada de pele etérea semelhante a um balão afetado por sua respiração. Sentir isso lhe ajudará a tornar-se consciente de seu corpo de luz de forma mais "real". Perceba que pode controlar completamente as dimensões e movimentos de seu corpo astral e que respirar é apenas um modo de fazê-lo.
    Quando sentir que tem a aura sob controle consciente, continue a fazê-la se expandir a cada inalação. Não faça, contudo, essa pele etérea se contrair com suas exalações, deste ponto em diante. Como resultado dessa expansão firme, sua aura continuará a crescer cada vez que você inalar.
    Quanto mais distante sua aura estiver de sua pele física, menos lembrará o seu corpo. Quando a pele etérea alcança uma distância de pouco mais de meio metro a partir de sua pele física, aquela deveria lembrar uma grande oval de luz branca que lhe envolve. Pare de aumentá-la nesse ponto.
    Gaste cerca de um minuto tentando focar no escudo astral ao seu redor. Certifique-se de que acredita em sua presença antes de continuar.
    Concentre-se no fato de que o escudo que agora o cerca não pode ser penetrado. Repita diversas vezes um mantra similar ao seguinte: "Estou protegido de todo ataque psíquico; estou protegido de todo mal". Você poderia dizer isso para si mesmo ou em voz alta, mas de um jeito ou de outro certifique-se que diz com cada longa exalação expeli da. Repetição em sincronia com respiração rítmica deixará sua intenção clara para o subconsciente, que em retomo efetuará as mudanças em seu corpo astral (não podemos entrar em detalhes sobre como é possível afetar o plano mental aqui, mas diversos livros na bibliografia, incluindo Summoning Spirits, deveriam deixar isso claro). Continue repetindo seu mantra conforme continua.
    Para reforçar mais sua afirmação ou mantra, visualize sua aura ficando mais brilhante a cada exalação conforme você repete a intenção. Faça isso por cerca de três exalações, então, com cada repetição do mantra, veja espinhos astrais se formarem na superfície de sua aura. Adicione espinhos conforme repete o mantra duas vezes mais.
    Pare de repetir o mantra e concentre-se na aparência de seu corpo astral aumentado. Ele deveria estar pesadamente encouraçado com espinhos, lembrando um porco-espinho. Gaste um momento convencendo-se disso.
    Ainda se concentrando em sua aura encouraçada, repita o mantra seguinte, ou um como ele, pelas suas três próximas exalações: "Esses espinhos repelirão todo mal, dia e noite". Em sua próxima exalação, diga com convicção de forma que sinta diferente e algo mais poderoso: "Quando o perigo se aproxima, esses espinhos aparecerão!" Agora, a cada exalação, comece a ver sua concha astral diminuir em tamanho. Conforme estiver a apenas cerca de 30 centímetros de distância da superfície de sua pele, veja a concha astral começar a lembrar seu corpo em geral novamente. Além disso, a essa distância, imagine os espinhos diminuindo.
    Quando a aura tiver encolhido -ao tamanho de seu corpo, veja-a como estando mais uma vez serena e sinta-a como parte de seu ser fisico. Medite por um momento sobre o fato de que, deste ponto em diante, seu corpo astral inchará e formará espinhos protetores sempre que estiver sob ataque psíquico.
    Abra seus olhos e levante-se lentamente. Você deveria agora fazer algo para retomar completamente à consciência normal, comer, assistir à televisão ou fazer uma caminhada são boas opções.
    Quando acabar e voltar à consciência normal, não pense sobre o rito! Deixe a "semente" astral plantada crescer sem perturbação. Pensar a respeito do procedimento poderia afetar seu resultado adversamente. Tente se distrair ao menos pelo resto desse dia para melhores efeitos.
    Com esse rito feito e ocasionalmente reforçado, você deveria ser capaz de passar pela vida sem ser ferido por um ataque psíquico. Se alguma vez se sentir incerto de que está funcionando, porém, simplesmente traga de volta a visualização e sensação da concha astral com seus espinhos e deverá imediatamente ter uma sensação de segurança. Uma última palavra sobre esta técnica particular. Enquanto o rito poderia parecer um pouco bizarro para aqueles não familiarizados com o trabalho ritual, gostaria de deixar absolutamente claro que as forças colocadas em movimento em sua realização são poderosas e efetivas. Você não precisa acreditar em minha palavra sobre sua eficácia. Tente e veja. Se foi importunado por vampiros astrais no passado, desfrutará os dias de paz que estão à sua frente. E se não foi atacado, mas ainda realizar os ritos neste capítulo, descanse tranqüilo de que nunca terá razão para temer as criaturas sugadoras de energia descritas neste livro.
    Bibliografia: Konstantinos - Vampiros, a Verdade Oculta.

    0 comentários

    Postar um comentário